Sustentabilidade

Dia Mundial da Alimentação

PUBLICADO EM: 16 de outubro de 2019

O Dia Mundial da Alimentação é comemorado no dia 16 de outubro e foi criado para pensar na produção de alimentos que engloba toda a população. Com esse tema, é muito importante que possamos pensar na alimentação sustentável, que assim como a sustentabilidade em si, consiste em consumir de forma conscientemente os alimentos do dia a dia, implicando também com o ciclo geral do alimento, respeitando suas origens e aproveitando o melhor que ele pode oferecer sem que cometa algum tipo de desperdício.

No Brasil, cerca de 15 milhões de toneladas de comida são descartadas por ano, o que serviria o país inteiro por 47 dias segundo o Instituto Akatu. Esse consumo irracional se dá através de diversas ações como: o consumo em excesso no prato onde não é comido por completo e assim jogado no lixo, descarte da parte dos alimentos que possuem mais fibras e até mesmo armazenar de forma errada os alimentos.

Por isso, para uma boa alimentação sustentável é preciso além de ter uma alimentação consciente que seja saudável, devemos nos preocupar também com o paladar e com o meio ambiente, tendo assim um Aproveitamento Integral dos Alimentos (AIA).

Para tornar seu consumo de ingredientes consciente, listamos algumas ações simples para serem feitas:

Tenha Consciência: Se cada pessoa ter consciência de seus costumes alimentares e suas ações referente à alimentação já é algo muito importante, porque por mais que não consiga fazer tudo o que pretende, pelo menos tem a consciência do que deveria melhorar para ajudar o mundo.

Sem desperdício: Não compre mais do que você irá consumir, as vezes queremos comer bem e acabamos botando muitos alimentos em nosso prato, por isso, lembre-se que podemos comer bem sem cometer exageros que podem ser postos no lixo, aumentando ainda mais o desperdício. Além disso sempre que tiver talos e cascas de vegetais e frutas vale a pena ver receitas para aproveitar 100% do alimento já que estas partes são cheias de fibras.

Saiba escolher bem suas fontes de alimentos: Frequentar feiras é um bom lugar para comprar alimentos de ótima qualidade e por um preço justo pelo alimento, além de apoiar os produtores. Outra possibilidade para quem não consegue ir a feiras é escolher bons mercados e tentar comprar alimentos que não tenham muitos aditivos químicos, para que seja o mais saudável para você. Frutas e verduras são uma ótima opção para fugir disso, e caso tenha dúvidas sempre consulte o rótulo.

Mais economia e mais saúde: Alguns produtos podem ser saudáveis, além de prometer resultados rápidos, mas na hora de pagar pesam um pouco sobre seu bolso. Por isso a melhor solução é sempre optar por alimentos naturais que trazem mais benefícios como frutas, vegetais e grãos integrais. Com um pequeno espaço na sua casa, uma boa opção é plantar seus próprios alimentos. Comece com uma hortinha pequena com alguns temperos como experiência.

Conseguir fazer algum desses passos é muito importante, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU) até em 2050 a demanda dos alimentos irá crescer até 60%. Ou seja, começar a ter consciência agora irá ajudar para que no futuro a fome não seja um problema no mundo ainda mais grave.

Recomendados

Gestão de pessoas

Revolução Farroupilha O Grupo Green Card, [...]

Saúde e bem estar

Setembro Amarelo Setembro é o mês em que é [...]

Sustentabilidade

A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) [...]