Gestão de pessoas

Cinco lições do esporte para o sucesso nos negócios

PUBLICADO EM: 27 de fevereiro de 2020

Para ajudar empreendedores e corporações a aplicarem a mentalidade de alta performance esportiva em suas empresas, apresentamos cinco princípios a serem seguidos no dia a dia:

1 – Preparação mental para enxergar resultados: Trata-se de uma técnica muito utilizada no esporte. Antes de uma luta, por exemplo, é possível visualizar que movimentos faremos e quais podem ser as reações do oponente.

O mesmo pode ser aplicado em uma reunião importante de negócios. É possível (e adequado planejar) o melhor discurso ou antecipar as dúvidas do interlocutor. Visualizar nos dá previsibilidade. E previsibilidade reduz a ansiedade e aumenta a segurança.

2 – Tenha foco: Se quiser ser o melhor, não faça mil coisas ao mesmo tempo. É preciso concentrar esforços em tudo aquilo que nos ajudará a atingir o objetivo estabelecido.

Focar é fazer escolhas, sempre. Existem dois estilos de luta livre: a livre olímpica e a greco-romana. A diferença é sutil. Na luta livre olímpica, é permitido usar todo o corpo do adversário para aplicar a queda.

Na greco-romana, é proibido segurar as pernas do oponente. Essa diferença (sutil) faz com que o mesmo atleta tenha de escolher. Ele não será o melhor em nenhuma das duas se não fizer uma opção.

3 – Trabalhe em time: Não se ganha nada sozinho. Mesmo em esportes individuais, contar com uma boa equipe é fundamental. No mundo esportivo, responsabilidades individuais e coletivas devem estar alinhadas ao objetivo final do clube. Nas empresas, deveria acontecer exatamente a mesma coisa. Seu colega não é seu adversário. E a liderança não pode estar desconectada da base. Times multidisciplinares, focados em objetivos claros, são mais eficientes. É isso que justifica o uso cada vez maior dos “squads”.

4 – Não desista: Só ganha quem persiste. Fracassos, pressão, dificuldades fazem parte da vida de todo atleta e de todo empreendedor. Esportistas se machucam, são derrotados e criticados. Empreendedores enfrentam prejuízos, perdem clientes e talentos. O que fazer? Michael Jordan sempre sonhou ser jogador de basquete. Mas, ainda garoto, foi cortado da equipe de basquete na escola, por não jogar bem. Jordan passou a treinar duas horas por dia para poder voltar à equipe. O resto faz parte da história.

5 – Quebre o status quo: Não tenha medo de competir. Bata as metas constantemente e forme times focados em resultados. Só assim é possível mudar a ordem das coisas.

 

Fonte: https://economia.uol.com.br/colunas/2019/10/11/nove-licoes-do-esporte-de-alta-performance-para-o-sucesso-nos-negocios.htm

Recomendados

Sustentabilidade

A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) [...]

Saúde e bem estar

Hoje é celebrado o Dia Nacional do Chefe de [...]

Gestão de pessoas

O novo Coronavírus tem transformado a forma [...]