Empreendedorismo

Lições que empreendedores têm a aprender com Billie Eilish

PUBLICADO EM: 9 de março de 2020

Aos 18 anos de idade, a cantora norte-americana tem uma trajetória surpreendente, um de seus feitos foi reunir 52,9 milhões de fãs em apenas quatro anos de carreira. Em janeiro, ela fez história ao ser premiada nas quatro categorias principais do Grammy em um mesmo ano.

Billie Eilish nunca se preocupou em seguir o que uma típica pop star supostamente deveria ser, fazer ou falar. Em vez disso, tem suas próprias marcas registradas: blusas e calças largas, cores vibrantes, acessórios chamativos e até uma obsessão pela série The Office.

Sendo assim, confira alguma das lições:

 

Não existe idade para empreender

Empreender é uma arte que tem muitas variações, dependendo da idade, experiência anterior ou fase de vida em que você está. É mais uma dessas atividades do ser humano que não pode ser estruturada rigidamente ou merecer um manual que deva ser seguido de forma automática.

A maneira como um jovem decide empreender é bastante diferente de um executivo que resolve abandonar sua carreira para dar um voo solo.

Mesmo tendo apenas 18 anos Billie acreditou no seu potencial e hoje é uma das figuras mais conhecidas no mundo da música, mostrando que independente da idade podemos conquistar nossos objetivos.

Você não terá concorrentes se for simplesmente você

Billie foi rotulada como uma estrela pop gótica, mas sua música tem sido relacionada a diferentes gêneros – e se tornou praticamente indefinível justamente por ser algo muito particular dela.

A concorrência não conseguirá e nem tentará copiar, no fim das contas, será sua personalidade e seu estilo como marca.

Ser autêntico é seu grande diferencial

Ao receber o Grammy de álbum do ano, o irmão e parceiro de produção de Billie, Finneas O’Connell, afirmou: “Nunca imaginamos que ganharíamos algo. Fizemos um álbum sobre depressão, pensamentos suicidas, mudanças climáticas e sobre ser o cara mal”.

O melhor caminho para a sua empresa pode ser, portanto, criar algo com que você realmente se importa – e não o que “alguns relatórios de tendências de marketing dizem que você venderá bem”.

 

Confira a matéria na íntegra:

https://revistapegn.globo.com/Administracao-de-empresas/noticia/2020/02/tres-licoes-que-empreendedores-tem-aprender-com-billie-eilish.html

Recomendados

Gestão de pessoas

O dia 20 de novembro é um dia de reflexão e [...]

Saúde e bem estar

As causas mais comuns entre os afastamentos [...]

Saúde e bem estar

Novembro Azul é uma campanha de [...]