Sustentabilidade

Tendências sustentáveis pós-pandemia

PUBLICADO EM: 6 de maio de 2020

O desenrolar da pandemia de Coronavírus ainda é um mistério. Mas podemos afirmar que esse episódio deixará marcas na humanidade. O período de angústia, sofrimento e perdas deve gerar um grande trauma em escala global. Toda a geração que passou por isso ficará marcada e sairemos dessas com novas visões de mundo.

A seguir, uma tentativa de traçar 3 megatendências ecológicas para o mundo Pós-Coronavírus:

 

Valorização das coisas simples versus consumismo

Estamos passando por momentos de grande angústia e incerteza. Estamos lutando por nossas vidas, e pela vida das pessoas que amamos. Estamos sacrificando nosso conforto (ficando em casa) e boa parte de nossas riquezas (optando por medidas com impacto econômico) para isso. Estamos todos fazendo a escolha de valorizar a vida antes de qualquer opção financeira. Mesmo assim haverá sofrimento. Depois disso viveremos dias difíceis e longos de empobrecimento generalizado, dificuldades materiais.

Mas será possível saber que superamos um desafio gigante. Essa experiência forte já está levando algumas pessoas a valorizar as relações humanas, a família, pequenos prazeres, objetos do dia-a-dia, aquilo que temos em casa. Para suportar a angústia e a incerteza, as pessoas estão buscando engrandecimento espiritual, pensando mais em aproveitar o presente. Haverá um resgate de estilos de vida simples, mais focados nas relações humanas, na saúde e na felicidade, e menos na acumulação de bens tidos como supérfluos.

 

Aumento da solidariedade

A epidemia ameaça a todos. Controlar a velocidade de contágio não depende só de uma pessoa ou uma família. É um esforço coletivo. Toda pessoa que respeita o espaço do outro na fila do supermercado está ajudando. Quem deixa de sair de casa ou toma cuidado com a distância do outro na rua. Estamos vendo manifestações gerais de solidariedade com doações de materiais, com esforços conjuntos de empresas para desenvolver material de higiene ou equipamentos médicos. Estamos vendo vizinhos se organizado para usar as áreas livres do prédio ou para fazer compras para quem está preso em casa.

 

Compreensão de que o mundo está conectado

Os países bem que tentaram fechar suas fronteiras, para reduzir a velocidade do contágio. Mas é uma medida paliativa. Só será possível eliminar o risco do Covid-19 quando todos os países conseguirem exterminar o vírus. Outras doenças também dependem a colaboração internacional para serem contidas e não se expandirem numa pandemia como esta. As informações científicas e as experiências de estratégias para conter a epidemia também circulam entre os países. Esse é um problema claramente global. As grandes questões ecológicas da atualidade também têm essa característica.

 

E agora?

Talvez a crise do coronavírus dure por bastante tempo e é importante termos cuidado e toda a paciência necessária para voltarmos a um novo “normal” mais preparados e com novas perspectivas de mundo.

Então siga respeitando todas as políticas de distanciamento e sempre procure usar bastante álcool em gel. 

 

Matéria na íntegra:

https://exame.abril.com.br/blog/ideias-renovaveis/oito-megatendencias-ecologicas-para-o-mundo-pos-coronavirus/

Recomendados

Gestão de pessoas

Revolução Farroupilha O Grupo Green Card, [...]

Saúde e bem estar

Setembro Amarelo Setembro é o mês em que é [...]

Sustentabilidade

A pandemia do novo coronavírus (Covid-19) [...]